Quando usar Power Point em uma palestra?

Está chegando o momento da sua apresentação, mas será que você deve usar o Power Point em uma palestra? Essa é uma dúvida muito comum para os palestrantes que estão iniciando.

Esse é um recurso audiovisual muito interessante e se utilizado com sabedoria pode garantir bons resultados na sua apresentação. No entanto, é necessário pensar em como utilizá-lo e quais momentos corretos para conectar os slides com a sua palestra.

De acordo com estudos recentes, o uso de recursos audiovisuais como o Power Point são mais eficientes para fixar mensagens no público. É possível que mesmo passados 2 ou 3 dias você tenha na memória cerca de 60% das informações trabalhadas na palestra, utilizando o recursos de slides.

Quer saber mais sobre isso? Veja a seguir! Tenha uma excelente leitura.

Para transferir emoções através da comunicação

Se comunicar é a forma que todos possuem para transmitir ideias e pensamentos, e fazer com que outras pessoas entendam seu ponto de vista, e se possível, o adotem.

No entanto, em uma palestra você precisa deixar transparecer suas emoções que podem ser tristeza, felicidade, contentamento, otimismo, entre outros.

No momento em que você conectar suas palavras com as suas emoções você pode usar o Power Point em uma palestra, com imagens ou até mesmo vídeos curtos, para ilustrar o assunto abordado naquele momento.

A conexão cerebral possui dois lados, um tem ligação direta com as nossas emoções e o outro, o lado esquerdo, está relacionado com as funções corporais.

Ao iniciar uma apresentação, o cérebro é utilizado dos dois lados: o lado direito julga as informações que está recebendo, como os sentimentos despertados, vestimentas e falas. Já o lado esquerdo, busca conectar as informações que estão sendo ouvidas e visualizadas nos slides.

A partir disso, é formada uma opinião baseada na reunião desses fatos, e a partir do segundo slide já é possível chegar a essa conclusão.

Dessa forma, para usar o Power Point em uma palestra você deve alinhar todo o seu processo de comunicação com imagens que fazem sentido para que a lógica não se perca no meio do processo, prejudicando toda a apresentação.

Para vender uma ideia, produto ou serviço

Sempre existe um objetivo definido para cada apresentação, e isso é estabelecido pelo palestrante. Dessa forma, é possível usar uma apresentação para vender uma ideia.

Existem várias coisas que podem ser vendidas. Além de produtos e de serviços, as empresas vendem muitas ideias como motivação, melhoria da produtividade na empresa ou ajudar o próximo, por exemplo.

A mesma coisa acontece quando o objetivo é vender um produto ou serviço, mas o público presente naquela apresentação não está convencido sobre tal fato, e existe a necessidade de convencê-lo, já que nem todos ali compartilham da mesma opinião.

Para aqueles que não estão interessados em investir o tempo no processo de convencimento, basta imprimir um relatório demonstrando como o produto em questão pode ser um bom investimento, ou que é possível obter x% de retorno, por exemplo, mesmo que o produto seja uma ideia de melhoria de processos ou estímulo da equipe.

No entanto, o objetivo de uma apresentação é justamente negociar com todos os presentes, mostrando fatos e argumentos que sustentem e convençam o seu ponto de vista, permitindo assim vender produtos, serviços ou ideias.

E ao usar o Power Point em uma palestra é possível que você conecte suas ideias, seus argumentos, com as imagens que você está exibindo na tela, fixando-as na cabeça de todos os presentes.

Como um reforço visual e não o apoio principal

O Power Point é um recurso poderoso em uma palestra, mas ele deve ser utilizado com sabedoria para evitar que o palestrante o utilize como apoio principal, ou seja, quando toda a palestra está sendo baseada nas informações presentes nos slides.

O objetivo de uma apresentação em Power Point não é direcionar a atenção do público presente nas informações que estão sendo passadas ali, até porque não é aconselhável utilizar textos ou muito conteúdo nestes slides.

A melhor opção é utilizar imagens, vídeos curtos ou gráficos rápidos para conseguir fixar as informações faladas na mente do público.

Como criar uma apresentação em Power Point incrível para usar em uma palestra?

Até aqui você já sabe em quais momentos deve utilizar o Power Point na sua palestra. Agora, vamos ver como criar uma apresentação incrível com dicas simples!

Crie cartões de memorização

Os cartões de memorização podem ser utilizados de 2 formas. A primeira delas é utilizar imagens impactantes para que o público consiga visualizar o que está sendo falado em uma única imagem.

Ou você pode utilizá-las apenas para você vê-las no celular ou tablet, como um roteiro, para não esquecer nenhum ponto da palestra.

Produza slides que se conectem com a sua fala

Os slides não devem repetir o que você está falando naquele momento, mas devem funcionar como uma prova emocional de que as informações são verdadeiras.

Pense em uma palestra cujo tema é sobre motivação no trabalho, e a primeira dica aparente é para você acordar disposto e seguir uma rotina planejada.

Qual a imagem mais adequada para esse momento? Uma pessoa acordando com um café na mão, ao amanhecer. Você conseguiu se conectar! E essa é a ideia.

Desenvolva um documento escrito

Você deve estar se perguntando o motivo de ter um documento escrito em meio a uma palestra. Simples: esse documento será distribuído ao final da sua fala, e informa ao público presente para que eles não se preocupem em fazer anotações ao longo da apresentação.

Dessa forma, você garante atenção total ao seu discurso. No entanto, o documento deve ser o mais detalhado possível, sem deixar nenhum detalhe escapar, além de dar informações relevantes sobre o que foi dito. O documento pode servir como mais um argumento para conseguir “vender mais fácil” a ideia que foi apresentada.

Contudo, esse material não deve ser entregue no início da palestra, pois além de perder toda a função, fará com que as pessoas se interessem em ler o conteúdo e não prestar atenção no que está sendo falado naquele momento.