Case – Stone – Como se apresentar em um palco 360?

A Stone é, hoje, uma das principais empresas de meios de pagamento no Brasil e suas maquininhas de pagamento em cartão estão espalhadas em várias partes do país.

O case de hoje é sobre um treinamento em oratória que realizamos aqui na The Speaker com essa empresa, direcionado para colaboradores e diretores da equipe Stone.

Cada treinamento em oratória é único, já que as demandas de uma equipe ou empresa não são as mesmas que a de outras. No case Stone, a especificidade era o desafio de se apresentar em um palco 360 graus, que têm se tornado bastante popular.

Confira detalhes sobre esse treinamento!

Como foi o workshop?

Participaram do treinamento 15 colaboradores da Stone. Entre eles, três são diretores, que teriam a função de conduzir a conferência, apresentando os expositores e “costurando” todo o evento.

O desafio dessa equipe era o de se preparar para uma conferência com um público de 2.500 pessoas. Como eu disse, o diferencial era que o palco das apresentações é o do modelo 360 graus. Em outras palavras, o palco se localiza praticamente no meio da plateia, ou seja, é rodeado pelos espectadores.

Outro desafio foi o de que o treinamento aconteceu na véspera da conferência, o que nos fez ter que criar formas de lidar com a pressa e com o nervosismo dos colaboradores por saber que o dia da apresentação já estava próximo.

O workshop foi dividido em duas etapas. Pela manhã, fizemos um treinamento geral, com todos os 15 colaboradores da Stone. Nessa parte, abordamos as técnicas básicas de oratória para apresentações em público, detalhando elementos importantes, tais como:

– a gesticulação

– o uso da voz

– a organização de raciocínio

– a postura no palco

– como evitar lapsos de memória

Na parte da tarde, aconteceu a segunda etapa do treinamento. Nela, agendamos um tempo de 15 minutos com cada um dos participantes. A ideia, aqui, era que todos pudessem subir no palco e experimentar o que é estar em um espaço 360 graus.

Nesses 15 minutos de treinamentos individuais, realizamos testes relacionados à técnica e ao posicionamento no palco. Checamos luz, som, os melhores lugares para a exibição da tela para aqueles que optassem pelo uso de slides, o retorno, entre outros aspectos.

Como eu disse, o fato de que a conferência aconteceria em um palco 360 no levou a planejar um treinamento que atendesse às especificidades desse cenário.

Preparamos os 15 colaboradores da Stone para utilizarem o palco da melhor maneira, sabendo que, por ser 360 graus, o comunicador sempre estaria de costas para uma parte do público. O que fazer então? Para onde olhar? Qual é o melhor lugar para iniciar a fala? E para concluir a apresentação? Vimos, durante o treinamento, todos esses fatores, com um grande foco ao posicionamento do palco.

Quais foram os resultados do workshop?

Os resultados do workshop com colaboradores e diretores da Stone foram muito satisfatórios. Como eu disse, o treinamento aconteceu às vésperas da Conferência e, mesmo assim, alguns comunicadores ainda não finalizaram seus slides e tinham muitas dúvidas sobre apresentações em público.

Isso, na verdade, é algo bem comum no nosso país. Os profissionais nem sempre estão preparados para situações de exposição de fala dessa magnitude (como uma conferência de 2500 pessoas no público), mas terão de lidar com elas assim mesmo.

Nesse cenário bem recorrente à realidade e à cultura brasileira, um treinamento muda completamente, impactando positivamente a confiança dos colaboradores da empresa e munindo-os de conhecimento sobre oratória para ter uma boa experiência em suas apresentações.

O projeto com a Stone foi um sucesso e o feedback que tivemos foi muito gratificante. Os colaboradores nos disseram que, após o treinamento, se sentiram mais confiantes e seguros para encarar o público, especialmente porque tinham muitas dúvidas (E se eu gaguejar? E se me der um branco?) e, no workshop, puderam saná-las.

Cada Case é uma troca. Sempre aprendemos muito com cada equipe e, com a Stone, isso não foi diferente!

Veja algumas fotos do treinamento com a Stone:

Avalie este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *